Depressão tratamento não farmacológico

Caracterizada pela profunda tristeza e desânimo, a depressão está se tornando cada vez mais comum. Veja como se tratar de forma alternativa.

Tratamento para depressão

Considerada uma doença do século, a depressão é um distúrbio psicológico caracterizado como transtorno afetivo, em que a pessoa apresenta tristeza profunda, baixa autoestima, pessimismo e falta de vontade de realizar as tarefas que antes executava normalmente.

Causada por diferentes motivos, a depressão pode aparecer por alterações no equilíbrio hormonal, entre elas, alterações na tireoide ou menopausa, pode aparecer também por problemas genéticos em pessoas que já tiveram histórico familiar, acontecimentos de perda de um ente querido, problemas financeiros, traumas de infância que podem causar alterações no cérebro e tornar as pessoas mais suscetíveis ao desenvolvimento da doença.

Normalmente os episódios de depressão duram de 6 a 9 meses, entretanto, algumas pessoas podem apresentar os sintomas clássicos por mais tempo, além de apresentam vários episódios de depressão no decorrer da vida, por isso, um diagnóstico preciso e um tratamento correto deve ser seguido para evitar a perda da qualidade de vida.

A depressão tem como principal tratamento o uso de medicamentos, mas, além disso, a busca por medidas alternativas e naturais vem sendo procuradas a fim de ajudar os pacientes depressivos, conheça alguns:

Depressão tratamento natural

No caso da depressão leve ou moderada, os tratamentos naturais ajudam a reverter a situação, entre eles, a erva de São João que possui princípios ativos semelhantes aos medicamentos sintéticos que inibem a receptação de serotonina, aumentando a disponibilidade do hormônio no sistema nervoso central.

Erva de Sâo João contra depressão

Outra opção de tratamento não farmacológico e natural são os suplementos de vitamina B12 e B9 que são indispensáveis para a produção de vários neurotransmissores, além de atuarem como moduladores dos sistemas neurológico e hormonal. A suplementação dessas vitaminas ajudar a aliviar os sintomas e potencializar os efeitos das substâncias farmacológicas.

O triptofano que é um aminoácido fundamental encontrados nos alimentos proteicos como carne e laticínio e eleva a produção de serotonina que consequentemente aumenta o prazer e o bem-estar, podendo ser usado como tratamento não farmacológico para depressão e tristeza. Uma alimentação equilibrada e saudável ajudará e muito a diminuir os sintomas da depressão.

Depressão tratamento alternativo

O tratamento clássico da depressão é feito a base de medicamentos antidepressivos que tem como objetivo bloquear o processo de transmissão sináptica dos neurônios, aumentando assim os níveis de dopamina, serotonina e norepinefrina, neurotransmissores responsáveis pelo humor e as emoções.

Mas, como a maioria das pessoas com depressão acaba se tornando dependentes dos fármacos, o tratamento alternativo pode trazer muitos benefícios. Por isso, as sessões de psicoterapia e a terapia em grupo acabam por ser classificados como tratamento alternativo da depressão e ajudam os pacientes a controlar suas emoções e aceitar as situações e os acontecimentos.

Aculpultura contra a depressão

Há também como tratamento alternativo para a depressão a homeopatia, acupuntura, aromaterapia, meditação, prática de exercícios físicos, fototerapia e os florais de Bach que ajudam a elevar a autoestima e melhorar a qualidade de vida dos pacientes depressivos.

O recomendado pelos profissionais da saúde é combinar os diferentes tratamentos farmacológicos e não farmacológicos a fim de aumentar a autoestima, o prazer e a sensação de bem-estar, deixando de lado a tristeza e o desânimo.

Quer saber mais sobre o tratamento da depressão? Então, assista ao vídeo que segue abaixo.

Publicado por Thais
Revisado em 21/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar