Estresse ocupacional definição

O estresse é prejudicial à saúde, desencadeando outros problemas. Conheça mais sobre essa doença e o que você pode fazer para relaxar.

Stress

Quem nunca ouviu uma dessas frases no trabalho:

“Fulano, compareça imediatamente em minha sala, precisamos conversar.”

“Ah, mas você fez errado de novo?”

“Precisamos que você faça horário extra esta semana.”

“Suas férias que começariam na semana que vem serão canceladas e não me interessa se sua viagem já estava planejada e reservada, cancele tudo imediatamente, precisamos produzir.”Estresse ocupacional

Bem, estas e outras frases podem ser comuns no dia a dia não é mesmo? Tudo isso e muito mais, gera o estresse ocupacional, um mal que atinge várias pessoas na vida profissional, é importante saber até que ponto pode chegar, qual é o seu limite de estresse, portanto confira abaixo algumas informações sobre o estresse exagerado no trabalho.

Estresse ocupacional sintomas

Homem segurando a placa help

A correria do dia a dia, ocupações, compromissos e responsabilidades geram alguns sintomas que caracterizam o estresse ocupacional.

Sinais de cansaço constante, dores musculares, dores de cabeça, resfriado, tensões musculares, pressão alta que é um perigo. O profissional estressado apresenta também problemas gastrointestinais como queimação e dores estomacais, apresenta distúrbio no sono, irrita-se facilmente, não tem ânimo para nada, falta de concentração, o estado emocional fica oscilando, faz confusão das coisas, se esquece facilmente de coisas do cotidiano, o estresse pode até desencadear a depressão e a síndrome do pânico.

É de suma importância, em casos como este, procurar ajuda profissional, fazer terapias e conseguir relaxar. Muitos fatores podem causar o estresse ocupacional, mas os motivos principais, estar exposto à falta de recursos materiais, exigência física e mental, exercer atividades que não correspondem ao seu cargo, problemas de relacionamento com outros funcionários, com chefes, não ter segurança, não ter garantia de bem-estar e outras causas.

A qualidade de vida no trabalho é umas das coisas mais desejadas pelos trabalhadores e também um bom salário, porque ganhar mal, também é um motivo muito estressante.

Estresse ocupacional e qualidade de vida no trabalho

Homem dormindo na mesa de trabalho

Mas, tente manter a calma, se você já se estressou só de ler este texto até aqui, não se preocupe, vamos mostrar também alguns tipos de tratamento para aliviar o estresse excessivo, afinal o trabalho é um dos lugares que passamos mais tempo no dia, pelo menos de 6 a 8 horas que você passa em tensão, mas tente relaxar, algumas das soluções, ao chegar a casa procure ouvir suas músicas preferidas, leia um livro bacana, com uma história que consiga te tirar do mundo real.

No seu trabalho, procure acertar os ponteiros, faça o que é devido a você, quando houver problemas procure conversar com as pessoas e resolver da melhor maneira possível. Intervenções psicoterapêuticas também fazem toda a diferença, estas buscam a compreensão e transformação da relação do sujeito com as pessoas que o rodeiam e que causam situações de estresse, os métodos usados para amenizar o problema são terapias em grupo, dinâmicas e técnicas de relaxamento.

A acupuntura, a meditação, também são outras maneiras de eliminar o estresse. Em casos mais graves, onde já se apresenta quadro pânico e depressão é preciso o acompanhamento de psicólogos e médicos, uma equipe capaz de solucionar a situação ou pelo menos estabilizar o caso do paciente.

Alguns exercícios ajudam a aliviar a tensão, veja dicas nesse vídeo do youtube:

Publicado por Juliane
Revisado em 19/08/2015

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar