Fobia social sintomas

A fobia social é um transtorno mental, onde a pessoa sente medo de estar em público e principalmente de falar. Veja mais:

Fobia social

Muitas pessoas sentem-se tímidas ao terem que realizar simples tarefas em frente a outras pessoas, como falar em público, entrar em uma sala onde já tenha outras pessoas ou até comer em lugares públicos. Em alguns casos é muito confundido com a timidez, porém o problema pode ser mais sério e se tratar de uma fobia social, sociofobia ou ainda transtorno ansioso social.

O que é a fobia social

Mulher Fobia social

Essa fobia é caracterizada principalmente por sensações de alarme, medo e tensões. A pessoa sente um desconforto quando tem a necessidade de interagir com outras pessoas, seja essa conhecida ou não. O medo de ser criticado por outras pessoas o afronta, dificultando a maneira de viver. A sensação de estarem sendo vigiados é constante.

As pessoas que sofrem com a fobia social tendem a se isolarem por temerem o julgamento e as opiniões alheias de qualquer movimento que faça ou palavra que diga. Muitos têm a consciência que esse temor é irracional, porém sentem dificuldade de interagir e de se expressar.

Homem resusando microfone

A ansiedade está sempre presente na vida de quem tem esse problema. Porém, por sentirem esse medo de serem criticados, acabam tendo um senso de responsabilidade maior o que o faz procurar sempre a perfeição nos trabalhos que executa e são também muito determinados, pois sente que não tem capacidade e buscam superação.

Normalmente essa a sociofobia se inicia na infância, quando a criança é educada por pais muito protetores em relação ao filho, o deixa assustado com o mundo. Até mesmo uma educação mais rígida ou pais inseguros também podem colaborar para a criança crescer com essa fobia.

O problema pode ficar mais grave ainda e atrapalhar a vida da pessoa, pois muitas vezes ela sente medo de fazer uma prova para vestibular ou até mesmo comparecer a uma entrevista de emprego.

Qual o tratamento para fobia social?

Terapia Cognitiva Comportamental

O tratamento adequado para a fobia social varia de cada pessoa. Existem casos que a autoajuda é suficiente, em outros casos é necessário a terapia ou até mesmo a mudança de alguns hábitos.

Evite consumir produtos que aumentam o nível de ansiedade como a cafeína que é um estimulante presente em cafés e energéticos. A bebida alcoólica e a nicotina do cigarro também são prejudiciais. Ter uma boa noite de sono também ajuda para relaxar.

Porém, em muitos casos essa mudança de hábitos não basta. A terapia cognitivo-comportamental, ou apenas TCC se mostra muito eficiente. A base dessa terapia é que os sentimentos afetam o comportamento das pessoas, assim é baseada em mudar a maneira que as pessoas pensam, afetando os sentimentos que causam a ansiedade, a maior inimiga da fobia social.

Algumas técnicas dessa terapia são baseadas em técnicas de relaxamento e ainda exercícios respiratórios. Assim o paciente se sente mais aliviado com tensões diárias. A substituição adequada dos pensamentos negativos por pensamentos determinados e capacitadores.

Grãos de café

Uma técnica também muito eficaz é fazer a pessoa enfrentar seus medos gradualmente. Ou seja, enfrentar a situações que mais teme aos poucos, de acordo com a melhoria dos sintomas. A terapia em grupo também possui resultados positivos.

Se você possui algum desses sintomas, ou conhece alguém que tenha, procure ajuda e vença essa fobia!

Entenda melhor como é a fobia social nesse vídeo do Youtube:

Publicado por Ananda
Revisado em 19/08/2015

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar