Home » Fobias

O que são as fobias?

Caracterizado pelo medo extremo e uma ansiedade incontrolável, as fobias atinge 10% da população. Conheça mais o que são as fobias.

menina dentro de uma caixa Caracterizado por um medo irracional e intenso de determinada situação, lugar, objeto ou animal que não apresenta perigo nenhum, as fobias afetam em média 10% da população e provocam distúrbios psicológicos, quadros de ansiedade extrema, ataques de medo e pânico intenso.

Classificada como fobia simples ou complexa, as fobias simples são aquelas caracterizadas pelo medo de objetos específicos, situações, animais ou atividades, já a fobia complexa está associada ao medo profundo que a pessoa não consegue dominar de determinadas situações. Conheça mais sobre as causas, os principais sintomas e o tratamento:

O que causa as fobias

As fobias simples e complexas geralmente se desenvolvem na infância ou adolescência, mas podem aparecer em qualquer fase da vida, quando o indivíduo é exposto a uma determinada situação que gerou muito medo e ansiedade extrema, causando então, um distúrbio psicológico que causa um medo desproporcional. Acometem mais em mulheres e se não tratada adequadamente, as fobias podem gerar uma incapacitação de convivência devido ao medo intenso, depressão e uso de álcool e substâncias ilícitas para diminuir a tensão e o medo.

menina com medo

Entre os principais exemplos de fobias existentes está a agorafobia que é um medo de lugares cheios; claustrofobia que é um medo irracional de locais apertados e estreitos com pouco ar; zoofobia que é o medo de animais em geral; nosofobia que é um medo irracional de adquirir alguma doença ou de se contaminar com doenças infecciosas através do contato com o ar ou ambiente hospitalar; acrofobia que é o medo de altura, astrofobia que é o medo de relâmpagos e trovões; fobia social em que a pessoa tem medo de se expor a outras, ou seja, não gostam de comer ou falar em público, entre outras fobias.

Quais são os sintomas

As fobias são nada mais que uma projeção imaginária, ou seja, a pessoa imagina que aquilo que lhe causa medo está te perseguindo e lhe causará muito mal, por isso, alguns sintomas são clássicos e podem ser diagnosticados facilmente.

homem com medo

Entre os sintomas comuns está a ansiedade extrema, medo desproporcional a determinada situação ou objeto, tremor, transpiração excessiva, frequência cardíaca aumentada, palpitações, indigestão, falta de ar, diarreia, perda de sono e preocupação intensa.

Qual o tratamento

O tratamento das fobias tem como principal objetivo ajudar o paciente a sentir-se bem e a evitar as crises extremas de ansiedade, medo e insegurança. Entre os diversos tipos de tratamento, a terapia comportamental e cognitiva é uma das melhores, pois reconhece a causa da fobia e ajuda a pessoa a substituir os pensamentos fóbicos e visualizar coisas prazerosas diante da exposição ao que lhe causa fobia.

mulher gritando

Outra opção é o tratamento farmacológico com remédios antidepressivos e ansiolíticos que aliviam os sintomas de ansiedade e medo extremo em conjunto com a psicoterapia que auxilia na compreensão dos fatores que agravam os sintomas fóbicos e uma maneira de diminui-los ou tratá-los.

Muitas vezes de caráter crônico se não tratada, as fobias devem ser acompanhadas por especialistas para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar dos indivíduos fóbicos.

Publicado por Thais
Revisado em 18/08/2015

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar